sexta-feira, 26 de maio de 2017

AUTÁRQUICAS: PS com (quase) todas as juntas definidas


O Partido Socialista courense já tem definidos quase todos os cabeças de lista às várias freguesias do concelho (ver quadro abaixo). Com algumas surpresas, com nomes de continuidade, mas também com dois lugares ainda em branco, à espera duma solução.

Poder-se-ia esperar que, com excepção dos presidentes de junta que não podem continuar devido à limitação dos mandatos, todos os outros se apresentariam na corrida eleitoral do próximo dia 1 de Outubro. No PS, contudo, não foi assim, com António Esteves, antigo vereador e actual presidente da união de freguesias de Bico e Cristelo, a não concorrer novamente ao cargo. Em seu lugar a encabeçar a lista socialista irá Armando Feijó, que já integra a equipa de António Esteves.

Esta foi uma das surpresas do leque de nomes de candidatos do PS courense às freguesias., mas não foi a única. Começou pela união de freguesias de Paredes de Coura e Resende, com o anúncio de Cláudia Pires de Lima como candidata, e continuou depois com a indicação de José Alberto Mota (ex-PSD e ex-CDS) para Parada. A que se somou o avançar de Armando Araújo, presidente da concelhia, para a liderança da Junta de Freguesia de Mozelos, deixando o resguardo do trabalho de bastidores.

Mas outras surpresas poderão ainda surgir. Isto porque, na reunião da comissão política, no início desta semana, não terá ficado ainda tudo decidido. Sem indicação de qualquer nome para cabeça de lista permanecem Rubiães e a união de freguesias de Formariz e Ferreira. No primeiro caso, depois de ter vindo a público o descontentamento de David Saraiva, actual presidente daquela junta de freguesia, com o partido pelo qual foi eleito (o PSD), não será de estranhar que, se este avançar como independente, o Partido Socialista não apresente candidato próprio. Por outro lado, também não é de colocar de parte a hipótese de David Saraiva concorrer com as cores do PS.

Já em relação a Formariz e Ferreira, a questão terá a ver com a ordem dos candidatos. É que há quem não veja com bons olhos o facto de António Pereira permanecer como segundo na lista, quando é dele todo o trabalho visível na união de freguesias. Do lado de Formariz, também não parece estar fácil aceitarem que seja alguém de Ferreira a encabeçar a lista socialista. Acresce que, em virtude do cumprimento da lei da paridade, exigida às freguesias com mais de 750 eleitores, nos três primeiros lugares da lista de Ferreira e Formariz, necessariamente, têm de existir homens e mulheres. O que, aliás, também afecta as listas das uniões de freguesias de Paredes de Coura e Resende e ainda de Bico e Cristelo, onde esta situação já foi acautelada.


2 comentários:

Os comentários no blogue são da responsabilidade de quem os faz. Todos os comentários serão alvo de moderação e só serão publicados após autorização do autor do post em questão. Não serão tolerados insultos de qualquer espécie.